Skip to main content

A icterícia (pele amarelada) é um quadro comum nos recém-nascidos, atingindo cerca de 50-65% dos bebês nascidos a termo e até 80% dos prematuros. O amarelamento da pele é visível quando os níveis de Bilirrubinas no sangue se elevam acima de 5mg/dL.
As Bilirrubinas são substâncias produzidas pelo organismo na eliminação dos eritrócitos (glóbulos vermelhos) antigos – originando primeiramente a bilirrubina não conjugada (ou indireta). Após ser produzida, a bilirrubina é conjugada pelo fígado para então poder ser eliminada (bilirrubina conjugada ou direta). Em recém-nascidos, há um maior número de eritrócitos circulantes, e a formação de Bilirrubinas tende a ser maior do que a capacidade do fígado de metabolizá-las, originando assim a hiperbilirrubinemia – condição que pode ser diagnosticada com um simples exame de sangue: a dosagem das Bilirrubinas.
A icterícia neonatal raramente é prejudicial, sendo de fácil tratamento – geralmente banhos de sol ou fototerapia – mas o acompanhamento médico e a realização de exames periódicos é fundamental, já que em alguns casos raros, recém-nascidos com icterícia podem sofrer danos neurológicos.
Então, se encontrar a pele do seu bebê amarelada, procure um médico pediatra e visite o Ghanemzinho, laboratório infantil, para realizar o exame de Bilirrubinas.

Ghanemzinho Laboratório Clínico Infantil.
Rua Blumenau, 527, esquina com rua Marechal Deodoro – Joinville/SC.
Estacionamento Próprio.
2ª a Sábado das 6h30 às 12h30.
Disk Ghanem 47. 3028 3001 ou WhatsApp 47. 8458 1299.
www.grupoghanem.com.br

Leave a Reply

.