Skip to main content

Qual foi a última vez que você aferiu sua pressão? Você sabia que nesta terça-feira, dia 26 de abril, é comemorado o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Hipertensão Arterial? A hipertensão, popularmente conhecida como pressão alta, é caracterizada pela pressão acima de 14 por 9 (140 X 90 mmHg), é uma doença bem silenciosa que eleva a pressão do sangue nas artérias e desequilibra todo o seu sistema circulatório.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, estima-se que essa doença atinja em torno de, no mínimo, 25% da população brasileira adulta, chegando a mais de 50% após os 60 anos e está presente em 5% das crianças e adolescentes no Brasil. Por conta desses dados, todo cuidado é pouco quando o assunto é a vida. O Dia Nacional de Combate e Prevenção à Hipertensão Arterial é dia 26 de abril, mas pela saúde devemos nos cuidar todos os dias.

Dados do Ministério da Saúde apontam que a pressão alta é diagnosticada em cerca de 33 milhões de brasileiros. De acordo com a Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) entre 2006 e 2014, o total de pessoas com a doença variou entre 23% e 25%.

A hipertensão aumenta o risco de infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral e doenças renais. Pode também causar cegueira e insuficiência cardíaca. O risco de desenvolver qualquer uma destas complicações é maior em hipertensos, principalmente se existirem outros riscos, como uso de tabaco, obesidade e diabetes.

Dez mandamentos para prevenção e controle da pressão alta: Pressão Arterial

  • Meça a pressão pelo menos uma vez por ano.
  • Pratique atividades físicas todos os dias.
  • Mantenha o peso ideal, evite a obesidade.
  • Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes.
  • Reduza o consumo de álcool. Se possível, não beba.
  • Abandone o cigarro.
  • Nunca pare o tratamento, é para a vida toda.
  • Siga as orientações do seu médico ou profissional da saúde.
  • Evite o estresse. Tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.
  • Ame e seja amado.

Os sintomas de pressão não se manifestam em todos os pacientes, mas podem incluir:

  • Dor na nuca.
  • Dificuldade para respirar.
  • Visão embaçada.
  • Dor no peito.

Se caso o paciente comece a apresentar estes sintomas, ele deve ser levado para o hospital para avaliação. Entretanto, é normal que a pressão arterial aumente em situações como susto, noite mal dormida, após uma discussão ou durante e após a atividade física.

A hipertensão é uma doença que não tem cura, mas tem tratamento para ser controlada. Somente seu médico ou profissional da saúde poderá determinar qual o melhor método para cada paciente. É importante saber que o tratamento para pressão alta não é necessário apenas o uso de medicamento.

A pressão arterial pode ser aferida usando uma variedade de dispositivos eletrônicos, a forma mais tradicional e precisa continua sendo com um estetoscópio e um esfigmomanômetro, que inclui um manguito, uma bomba ou pêra manual e um mostrador de pressão calibrado em milímetros de mercúrio (mm Hg). Seu médico ou profissional da saúde pode indicar um monitor que mede a pressão arterial em intervalos, para excluir aumentos ocasionais da pressão que ocorrem apenas no consultório.

Não é muito comum usar uma medida direta da pressão arterial inserindo um cateter na artéria. Existem outros procedimentos para auxiliar o processo diagnóstico e avaliar o estado de órgãos, como: eletrocardiograma, fundo de olho, exames de imagem, como radiografias de tórax e ultrassonografia renal, que são exames não laboratoriais.

Exames laboratoriais servem de apoio para o diagnostico da hipertensão arterial. São realizados geralmente para detectar ou excluir distúrbios que possam causar a hipertensão e para avaliar as funções de órgãos. O Ghanem Laboratório disponibiliza alguns desses exames em sem menu, como por exemplo: urinálise, hematócrito, ureia e/ou creatinina,  cálcio, lipidograma. Como será que está sua pressão? Você já aferiu? Procure seu médico ou profissional da saúde para ter mais detalhes.

 

Leave a Reply

.